Notícias do Sindimoc

Imagem

Vereadores alteram texto da lei, depois de “jeitinho” da Urbs para cumprir lei que proíbe dupla função nos ônibus

Curitiba, 05 de agosto de 2013 | 10h10

Imprimir   Enviar por e-mail

Depois que as empresas de transporte coletivo de Curitiba encontraram uma solução fácil para cumprir a lei que queria proibir a dupla função, de motoristas que também cobram, vereadores apresentaram uma alteração no texto do projeto de lei. O anterior determina que é proibido que “motoristas exerçam ao mesmo tempo a condução de veículo e cobrança de passagens”. A solução que as empresas encontraram foi de que o motorista tem que puxar o freio de mão, cobrar, e então poderia seguir a viagem, ser exercer simultaneamente as funções. O novo texto é claro: “É proibido que motoristas exerçam a função de cobrança de passagens em Curitiba”. O projeto é assinado por diversos vereadores. A justificativa é que as funções são incompatíveis, por causa da pressão pelo cumprimento dos horários e do aumento do fluxo de veículos. O projeto ainda vai ser analisado pelas comissões antes de chegar ao plenário.

Fonte: Band News 

Compartilhe esta notícia
   
 

Comente esta notícia

Nome

E-mail

Empresa

Digite o código ao lado

código captcha

Comentário (máximo 600 caracteres) | Restam: