Capacitação dos cobradores: o que diz o acordo. Saiba mais

Notícias do Sindimoc

Incerteza no transporte coletivo: Empresários não querem nem saber

Incerteza no transporte coletivo: Empresários não querem nem saber

Na primeira reunião com o patronal, para negociação salarial, realizada no dia 2 de fevereiro, na Superintendência do Trabalho, motoristas e cobradores não receberam proposta alguma de negociação salarial. O SETRANSP, sindicato que representa as empresas do transporte coletivo, nem sequer garantiu a Data Base, acordada para o dia 1º de fevereiro.
 
Não houve nenhum gesto ou manifestação por parte do empresariado que indicasse vontade de negociar as reivindicações da categoria, que passam por garantir os salários em dia, aumento salarial e condições dignas de trabalho, além da reposição de valores atrasados de FTGS e férias de diversos trabalhadores.
 

Comente esta notícia

código captcha